Particularidades do 'Eu'

A minha foto
Porto, Portugal
Sou um 'Terráqueo' igual aos demais. Gosto de aproveitar os melhores momentos, os outros desejo sejam curtos, ultrapassáveis e ténues. A Fotografia funciona como uma espécie afrodisíaca que me obriga a 'congelar' tudo que me chama á atenção. Sou Tripeiro, com um prazer imenso, valorizo a Amizade, o Respeito, a Solidariedade e, obviamente, o Amor. Bem-vindos a um dos meus Mundos

Os meus videos no YouTube ...

Loading...

Eu ...





Autor e coleccionador de Fotogramas da 'Existência'


Pretendendo testemunhar a 'Passagem' através da visão e a expressão do Outro [eu]


Considero a Fotografia uma Arte sem Presente


O Passado e o Futuro revêem-se nas cenas do Hoje




Ocorreu um erro neste dispositivo

... os meus Videos





Para iniciar esta viagem comecem por clicar em cima do aquário, os meus Amiguinhos vão manisfertar-se de contentes !


Mas não os habituem mal, tenham contenção na distribuição da comida [!] .


De seguida, vejam os meus trabalhos, através dos meus videos, e parte do meu portefólio.


Se a vossa paciência continuar a falar mais alto, passem uma vista de olhos nos textos.


Boa Viagem !



NOTA
para relaxares, durante esta 'incursão', clica nas faixas cujo conteúdo é apenas musica, ou seja, são aquelas que não referem a sigla EduardoNunes [Photo], essas são as minhas compilações. Uma espécie de rádio local !




sexta-feira, 16 de julho de 2010

Sebastião [Ribeiro] Salgado ...

nasceu em Aimorés, 8 de fevereiro de 1944, Minas Gerais. Fotógrafo brasileiro reconhecido mundialmente por seu estilo único de fotografar. É um dos mais respeitados fotojornalistas da atualidade. Nomeado representante especial do UNICEF em 3 de abril de 2001, dedicou-se a fazer crônicas sobre a vida das pessoas excluídas, trabalho que resultou na publicação de dez livros e realização de várias exposições, tendo recebido vários prêmios e homenagens na Europa e no continente americano. 'Espero que a pessoa que entre nas minhas exposições não seja a mesma ao sair' diz Sebastião Salgado. 'Acredito que uma pessoa comum pode ajudar muito, não apenas doando bens materiais, mas participando, sendo parte das trocas de ideias, estando realmente preocupada sobre o que está acontecendo no mundo'. Formado em economia pela Universidade de São Paulo, trabalhou na Organização Internacional do Café em 1973, e trocou a economia pela fotografia após viajar para a África levando emprestada a câmera fotográfica de sua mulher, Lélia Wanick Salgado. Seu primeiro livro, Outras Américas, sobre os pobres na América Latina, foi publicado em 1986. Na sequencia, publicou Sahel: O Homem em Pânico (também publicado em 1986), resultado de uma longa colaboração de quinze meses com a ONG Médicos sem Fronteiras cobrindo a seca no Norte da África. Entre 1986 e 1992, ele concentrou-se na documentação do trabalho manual em todo o mundo, publicada e exibida sob o nome Trabalhadores Rurais, um feito monumental que confirmou sua reputação como fotodocumentarista de primeira linha. De 1993 a 1999, ele voltou sua atenção para o fenômeno global de desalojamento em massa de pessoas, que resultou em Êxodos e Retratos de Crianças do Êxodo, publicados em 2000 e aclamados internacionalmente. Sebastião Salgado foi internacionalmente reconhecido e recebeu praticamente todos os principais prêmios de fotografia do mundo como reconhecimento por seu trabalho. Fundou em 1994 a sua própria agência de notícias, 'As Imagens da Amazônia' , que representa o fotógrafo e seu trabalho. Salgado e sua esposa Lélia Wanick Salgado vivem atualmente em Paris, autora do projeto gráfico da maioria de seus livros. O casal tem dois filhos.

Sem comentários: